Religiosas

Religiosas da Instrução Cristã

01/02/2021 às 15h39

O Instituto das Religiosas da Instrução Cristã foi fundado por Madre Agathe Verhelle, em meio aos acontecimentos de uma Europa conturbada no início do século 19. A construção da nossa congregação percorreu um itinerário permeado de força, coragem, persistência e amor, que representa de maneira genuína a vida da nossa fundadora.

Inês Margarida Verhelle nasceu na Bélgica, no ano de 1786, e ainda muito jovem sentiu arder em seu coração o desejo de se tornar religiosa. Depois de enfrentar grande oposição da família, Agathe Verhelle conseguiu ingressar para o convento aos 29 anos. No entanto, sete anos depois, a congregação da qual fazia parte foi dissolvida por ordem do governo da época, que tentava controlar a educação de jovens no país. Todas as religiosas deixaram a Bélgica, menos Agathe Verhelle, que persistiu no seu ideal de reabrir a congregação.

Foi autorizada a reabrir a casa em Dooresele no dia 25 de março de 1823, data que marca a fundação do Instituto das Religiosas da Instrução Cristã. A carta, escrita de próprio punho por Madre Agathe ao Papa Leão XII pedindo a reabertura do Instituto é um documento vivo que rege, até hoje, o carisma da nossa congregação: “Sacrificar-nos e consagrar-nos inteiramente à juventude”, a fim de cooperar na propagação da glória do Senhor em toda parte.

O espírito missionário de Madre Agathe foi outro legado deixado por ela para as suas sucessoras. Em vida, Madre Agathe fundou seis comunidades e escolas na Bélgica. E não demorou muito até que o carisma alcançasse a Europa, a América do Sul e a África, multiplicando e se estendendo por todo o mundo. Hoje as Religiosas da Instrução Cristã atuam em escolas, faculdade, Centro Social e comunidades de imersão nesses locais, sempre ancoradas no carisma e missão deixados por Madre Agathe.